Teoria Malthusiana e Neomalthusiana

E ai, craques da geografia!

Recebi uma pergunta muito interessante no P&R e quero esclarecer a resposta pra voces.

“Qual é a diferença entre a teoria malthusiana e a neomalthusiana?”

Esclarendo para o pessoal do Desconversa:

A teoria malthusiana foi elaborada por Thomas Robert Malthus, pastor protestante, por volta de 1798. Ele acreditava que a população tinha potencial de crescimento ilimitado, enquanto a natureza, inversamente, recursos limitados para alimentá-la. Enquanto as populações crescem, segundo ele, em PG (Progressão Geométrica), a produção de alimentos cresce em PA (Progressão Aritmética). Para evitar as tragédias da subnutrição, fome, doenças, etc. Malthus pregava a sujeição moral como forma de controle, que previa a abstinência sexual e o adiantamento de casamentos, e era estritamente contra o uso de contraceptivos.

A teoria neomalthsiana surgiu após a 2º Guerra Mundial, no período keynesiano, quando as multinacionais passaram a investir em alguns países subdesenvolvidos (industrialização tardia). Pregava uma forma de controle na qual o Estado deveria patrocinar todo o tipo de assistência, inclusive aborto, vasectomia, ligadura de trompa etc. Argumentava que os jovens eram um peso para os adultos, já que o Estado teria que investir em educação e saúde pública ao invés de investir em recursos produtivos, e de que a baixa renda per capita de um país ocorre em função da explosão demográfica no mesmo.

E ai, gostaram?
Qualquer duvida, é so escrever para mim!

Abraços,
Pedro Grillo.

Tags: , , , ,

  • Willian Bruno

    Você pode dizer para oque ela serve?’

  • wanderson

    qual é a diferença da teoria reformista para as teorias malthusiana e neomalthusiana?

  • Pedro

    Olá, Wanderson!

    Teorias que relacionam problemas ao crescimento populacional são denominadas malthusianas, inspiradas em Thomas Malthus, pastor anglicano que acreditava que o crescimento da população seria superior ao crescimento da produção de alimentos, pois a população cresceria em progressão geométrica, enquanto produção de alimentos cresceria em progressão aritmética. Na prática, Malthus superestimou o crescimento populacional e não vislumbrou o desenvolvimento das técnicas agrícolas, aumentando a produtividade.

    A teoria neomalthusiana, por sua vez, ganha força após a 2a Guerra Mundial – crescimento exagerado da população gera custos exacerbados para o Estado, que não consegue investir em setores tecnológicos e na economia. No entanto, as maiores economias do mundo na atualidade contam com grandes populações, desmentindo a teoria neomalthusiana – Grande população, quando bem aproveitada, é fonte de mercado consumidor e mão de obra – fortalecimento da economia.

    Finalmente, a teoria reformista (marxista) prega que o aumento da população e escassez de alimentos não podem ser culpados pela pobreza, que decorre da má distribuição. Assim, a pobreza leva ao aumento da população, não o contrário, sendo a concentração de renda é a grande causa da pobreza e do aumento populacional, pois a natalidade é maior em sociedades menos abastadas e esclarecidas. A solução, portanto, seria a distribuição efetiva de renda, medida com pouca aplicabilidade prática.

    Espero ter ajudado!

    Abraços,
    Pedro Grillo – monitor de Geografia

  • Daniele

    Queria saber realmente o que é teoria malthusiana ?
    Vc pode mi da só esse relado ??

  • Daniele

    pq aii ñ está espressando o que é só esta contando a história..

  • Bianca

    Obrigada a sua informaçao me ajudou mais ainda tenho duvidas!

  • mitchel lucas

    valeu pelas informações… serviu direitinho.

  • Márcia Martins

    Gostaria que me esclarecesse sobre as correntes de pensamento econômico como o liberalismo econômico, a fisiocracia, os clássicos, neoclássicos numa comparação entre elas é possível?


SEO Powered by Platinum SEO from Techblissonline