Vídeo Aula: Guerra Fria

Olá, meus alunos queridos!

Como andam os estudos? Preparados para descansar no fim de semana? Antes disso, vamos dar aquela última estudada.

Como vocês puderam ver no Twitter @descomplica, na nossa Fanpage, na Newsletter semanal…

Portanto, muito gás!

Hoje, vamos assistir a uma vídeo aula do Descomplica em que o prof. de geografia Everardo Gouvea explica os temas que serão abordados no módulo da Guerra Fria.

Vamos nessa?

Imagem de Amostra do You Tube

Transcrição:

00:00 Geografia

Guerra Fria
Professor: Everardo Gouvea

00:10 Na aula de hoje, falaremos sobre a velha ordem mundial, também chamada de Guerra Fria ou ordem bipolar. Esse período possui diversas cronologias. Consideremos a mais ampla que vai do final da Segunda Guerra Mundial (1945) até a queda do Muro de Berlim (1989), quando há a derrocada da União Soviética.

1:00 A Guerra Fria caracterizou-se pela divisão do mundo em dois polos hegemônicos de poder, os Estados Unidos e a União Soviética. É importante saber que essa bipolaridade substituiu uma antiga multipolaridade.

1:30 Essa multipolaridade era caracterizada pelo domínio dos países europeus. Eles possuíam o controle, a hegemonia do poder mundial. Após a Primeira Guerra Mundial e a Segunda Guerra Mundial, esse poder foi reduzido, abrindo espaço para que o poder dos EUA e da URSS emergissem. É importante ressaltar que esse período foi um conflito de base político-ideológica.

2:00 Os interesses econômicos não eram relevantes, quando existiam, eram sempre secundários. Portanto, consistiu em um período de conflito entre o sistema capitalista (defendido pelos EUA) e o sistema socialista (defendido pela URSS).

2:30 Diversos conflitos podem ter como parte integrante conflitos econômicos, mas eles nunca dominaram a cena.

3:00 A Guerra Fria também se baseava em uma corrida aeroespacial. Ou seja, o país que conseguisse desenvolver a mais nova tecnologia em matéria de foguetes, satélites, conseguia mostrar a sua superioridade sob o ponto de vista humano-tecnológico.

3:30 A corrida aeroespacial é um reflexo da indústria bélica, a qual prosperou muito durante a Guerra Fria, sendo um dos segmentos que mais se desenvolveu nesses países durante esse período. Como exemplo, mesmo após a Guerra Fria, a única grande projeção industrial que a antiga União Soviética possui hoje (entenda-se Rússia), é o setor bélico ou ligado a ele.

4:24 Além da corrida espacial e do conflito ideológico, as duas potências disputavam a corrida armamentista (disputa entre os dois polos por arsenais maiores, mais poderosos). É importante ressaltar que os EUA sempre tiveram uma capacidade militar maior que a URSS.

5:00 A União Soviética conseguia acompanhar o desenvolvimento militar dos Estados Unidos, mas a muito custo, a ponto de não conseguir desenvolver outros setores da economia devido à concentração de esforços nesse setor. Tanto os EUA quanto a URSS estimulavam o discurso de terror ao inimigo para justificar os investimentos pesados em armamentos.

5:30 Se de um lado a Guerra Fria existiu, de outro lado, foi um grande argumento para os setores governamentais dos EUA e da URSS para o desenvolvimento do segmento bélico.

E, aí? Curtiu? Deixe um comentário =)

Um grande abraço e até mais!

fonte Canal Descomplica

Tags: , , , , , , ,


SEO Powered by Platinum SEO from Techblissonline